Clareamento Dental

O clareamento dentário ocorre através de uma reação química e deve ser monitorado de perto pelo seu dentista.

O clareamento dental é o processo de clarear a cor dos dentes naturais. O clareamento geralmente é desejável quando os dentes ficam amarelados ao longo do tempo por várias razões e pode ser alcançado alterando a cor intrínseca ou extrínseca do esmalte dentário.

O peróxido de hidrogênio é o ingrediente ativo mais comumente usado em produtos de clareamento e é entregue como peróxido de hidrogênio ou peróxido de carbamida. 

O peróxido de hidrogênio é análogo ao peróxido de carbamida, pois é liberado quando o complexo está estável em contato com a água. Quando se difunde no dente, o peróxido de hidrogênio atua como um agente oxidante que se decompõe para produzir radicais livres instáveis.

Nos espaços entre os sais inorgânicos no esmalte dos dentes, esses radicais livres instáveis ​​se ligam a moléculas de pigmento orgânico, resultando em componentes pequenos e menos fortemente pigmentados. Refletindo menos luz, essas moléculas menores criam um "efeito clareador".

Para que o tratamento clareador seja bem-sucedido, você deverá ser diagnosticado corretamente, para então haver a indicação do tratamento, tipo, intensidade e o local de clareamento dentário.

A exposição ao tempo e a concentração do composto clareador determina o ponto final do clareamento dental.O clareamento dental é uma técnica que pode ser feita de três formas distintas: no consultório com o seu dentista, em casa com o uso de uma moldeira específica, ou uma combinação entre ambos.

O clareamento dos dentes é um procedimento pouco invasivo e que pode ser justamente o que você está procurando para dar aquele Up na autoestima!

Por que fazer o clareamento dental?

Dentes manchados ou amarelados costumam ser um verdadeiro incômodo para quem sonha com um sorriso bonito. No decorrer da vida, somos expostos a inúmeros corantes que podem levar à pigmentação dos dentes. Desta forma, o clareamento dental é a melhor forma de restabelecer a cor inicial dos dentes, recuperando assim aquela vontade de sorrir novamente.

Para quem o clareamento dental é indicado?

Não existem muitas barreiras que impeçam o paciente de realizar o clareamento dental, desde que toda a cavidade bucal esteja em um bom estado de saúde. As contraindicações normalmente são para pacientes que possuam problemas bucais como cáries, doenças periodontais e lesões dentárias

O clareamento dental é uma forma de melhor a aparência que recuperam a autoestima e a vontade de sorrir novamente.

Nele, são utilizados produtos à base de peróxido de hidrogênio ou peróxido de carbamida, que, quando em contato com a superfície dos dentes, conseguem quebrar as moléculas pigmentadas, dissociando-as em moléculas menores e deixando o dente mais claro.

Dentes brancos trazem de volta a confiança e elevam a autoestima em um piscar de olhos.

Outro ponto importante a ser destacado é que o clareamento dos dentes, apesar de muitas vezes ser algo procurado pelos próprios pacientes, é um procedimento que deve ser indicado e acompanhado por um profissional especialista da área.

O que esperar do resultado?

A grande maioria dos pacientes fica bastante satisfeito com o resultado, afinal, a sensação de dentes extremamente limpos e livres de manchas é impagável.

O consumo de cigarros e de alimentos com grandes concentrações de corante, como é o caso do café e do vinho, podem acabar manchando os dentes e prejudicando o processo do clareamento.

Portanto, é importante seguir à risca as orientações do seu dentista após o procedimento para que tudo saia conforme o planejado

Tipos de Clareamento Dental

O clareamento dental pode ser feito interna ou externamente, seu dentista irá avaliar e determinar a indicação deles.

 

 


Clareamento interno x externo

A diferença entre eles é que o clareamento interno costuma ser indicado para dentes que passaram por um tratamento de canal. Dessa forma, a substância clareadora é colocada dentro do dente pelo profissional.
Quanto ao externo, é quando a técnica é realizada por fora do dente. Pode ser feito no consultório ou em casa realizado pelo paciente com auxílio de moldeiras confeccionadas por seu dentista nas quais se coloca o produto clareador.

O clareamento dental geralmente é realizado em consultório, sendo supervisionado pelo seu dentista.

 

 

 

Clareamento no consultório

É realizado por meio de produtos químicos, dos quais o principal é o peróxido de hidrogênio, cuja determinação é feita pelo profissional de acordo com cada caso.​

Clareamento caseiro

Apesar de muita gente se deixar levar por métodos encontrados na internet sem orientação profissional alguma, é preciso ter muito cuidado.

A utilização de produtos como bicarbonato de sódio ou água oxigenada, além de não serem nada eficientes, podem trazer sérios danos aos dentes e à gengiva. Usa-se uma moldeira e gel clareador para a realização do procedimento.

A moldeira é um dispositivo de silicone feito sob medida pelo profissional, de forma que se encaixa perfeitamente na arcada dentária do paciente.

Nela, se aplica o gel clareador que vai entrar em contato com os dentes por um período que pode variar de 30 minutos à uma hora. Normalmente, o tratamento costuma durar cerca de três semanas.

Sensibilidade dentária e clareamento

Aquela dorzinha aguda ao consumir alimentos com temperaturas muito extremas é um dos sintomas da sensibilidade dentária, condição bastante comum e que pode ser uma consequência do clareamento dental, daí a necessidade de uma supervisão profissional

Por que isso acontece?

Vários fatores podem estar associados à sensibilidade nos dentes, principalmente se essa condição já existia antes do tratamento há algum tempo.

No entanto, quando se trata da sensibilidade causada pelo clareamento dental, é preciso levar em conta a interferência de elementos mais específicos.

Os níveis de concentração do peróxido de hidrogênio presente no gel clareador e o tempo que esse gel fica em contato com a superfície dentária podem influenciar bastante no processo.

O clareamento causa uma desmineralização superficial do esmalte dentário, sendo um dos motivos para que a sensibilidade apareça.


Cuidados com os dentes sensíveis

Um quadro de sensibilidade precisa de atenção e alguns cuidados, afinal ninguém quer os dentes doendo. Para isso, utilizamos um protocolo personalizado de clareamento, que visa impedir que desconfortos venham a ocorrer.

No INCOM, contamos também com protocolos para tratamentos de sensibilidade dentária, sejam eles decorrentes do clareamento ou até mesmo, sensibilidade que o paciente já tenha apresentado anteriormente

TOP